As 10 Melhores Mesas de Som de 2024: da Yamaha, Behringer e mais!

As mesas de som são acessórios completos para ajustar a saída de som de estúdios, festas e shows. Afinal, com elas, é possível alterar o volume, ajustar os graves e equalizar de modo geral um som gravado ou ao vivo, o que é perfeito para profissionais da área, além de ser uma ótima escolha para amadores mais exigentes. 

Além disso, as marcas apostam em materiais e recursos de alta qualidade para atender a uma variedade cada vez maior de demandas. Por isso, há modelos compactos e portáteis para festas, além dos mais robustos para estúdios e artistas profissionais. E para complementar essa praticidade, os modelos são compatíveis com acessórios e têm saídas variadas. 

Contudo, para aproveitar ao máximo essas vantagens, é preciso saber o modelo mais adequado para a sua rotina. Por isso, preparamos este artigo completo com as melhores opções de mesas, além de um guia com dicas de como escolher a sua. Então, continue lendo e descubra quais são as melhores mesas de som para comprar em 2024!

As 10 melhores mesas de som de 2024

Tipo
Equalizador
Entradas
Conexões
Extras
Dimensões
1
Mesa de Som Yamaha TF1



Veja na Amazon
Digital
8 Bandas
40
USB, auxiliar, P10, XLR
Phantom Power, bivolt
‎29,4 x 24,4 x 7,1 cm; 17,76 Kg
2
Mesa de Som Behringer X2442USB


Veja na Amazon
Analógico
Não
24
USB, auxiliar, P10, XLR
Interface USB/PC
43,99 x 42,01 x 13,49 cm; 6,6 Kg
3
Mesa de Som Yamaha MG12XUK


Veja na Amazon
Analógica
Não
12
USB, auxiliar, P10, XLR
Phantom Power, efeitos sonhos, bivolt
31,5 x 29,7 x 9,1 cm; 4,6 Kg
4
Mesa de Som MXT MX-4BT



Veja na Amazon
Digital
Não
4
Bluetooth, USB, auxiliar, P10, XLR
Phantom Power
24 x 22 x 7 cm; 612 g
5
Mesa de Som Behringer 502



Veja na Amazon
Analógica
Não
5 canais
P10, XLR, auxiliar
Entradas balanceadas
17,7 x 13,41 x 4,7 cm; 1,47 Kg
6
Mesa de Som NAGA NAG-7DSP



Veja na Amazon
Digital
3 bandas
7, 5 balanceadas
Bluetooth, USB, auxiliar, P10, XLR
Gravador efeitos sonoros
30,5 x 45 x 12 cm; 3,37 Kg
7
Mesa de Som Soundcraft SX602FX


Veja na Amazon
Analógica
Não
6
USB, auxiliar, P10, XLR
Garantia de 12 meses
27 x 33 x 11, 2,4 Kg
8
Mesa de Som Lexsen M6 USB



Veja na Amazon
Digital
Não informado
6
Bluetooth, USB, P10, XLR, auxiliar
Gravador
25 x 20 x 10 cm; 800 g
9
Mesa de Som Lelong LE-709



Veja na Amazon
Digital
2 Bandas
6
Bluetooth, USB, auxiliar, P10, XLR
Design leve
36,8 x 31 x 8,2 cm; 2,28 Kg
10
Mesa de Som Behringer XR16



Veja na Amazon
Digital
2 Bandas
16
Wi-Fi, USB, auxiliar, P10, XLR
Pré-amplificadores, entradas de linha, gravador estéreo
‎33,3 x 14,91 x 14 cm; 4,09 Kg

1

Mesa de Som Yamaha TF1

A melhor mesa de som para comprar em 2024!
Prós
  • Opções de 40 a 48 canais para escolher
  • A mais adequada para profissionais e estúdios
  • Equalizador integrado e diversos efeitos
  • Entrada USB e integração com o PC
  • Materiais robustos para a máxima durabilidade
Contras
  • Valor bem mais alto que a média

A mesa de som TF1 é, certamente, a proposta da Yamaha para quem deseja um modelo acima da média em seus componentes, recursos e desempenho. Em primeiro lugar isso se deve ao modelo ser digital, o que lhe garante conexões de última geração e ajustes variados, além de uma gama maior de recursos que as outras opções. 

Um desses recursos é o seu equalizador integrado, que conta com 8 bandas para ajustar o seu som da maneira mais precisa possível. Isso é uma vantagem e tanto para músicos profissionais e estúdios que precisam de um ajuste fino no som, principalmente para os que usam muitos instrumentos. 

E falando em múltiplos instrumentos, aliás, a Yamaha TF1 conta com nada menos do que 40 canais de áudio para conectar dispositivos e periféricos, e como a maioria deles é balanceado, você pode contar com um ótimo bloqueio de interferências. Além disso, a mesa é perfeita para ambientes com microfones condensadores, já que conta com a alimentação Phantom Power.

TipoDigital
Equalizador8 Bandas
Entradas40
ConexõesUSB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasPhantom Power, bivolt
Dimensões29,4 x 24,4 x 7,1 cm; 17,76 Kg

2

Mesa de Som Behringer X2442USB

Materiais impecáveis e ótimo equilíbrio de valor e desempenho
Prós
  • 24 canais para atender estúdios maiores
  • Pré-amplificadores integrados
  • Pode ser usado junto ao PC
  • Materiais de longa duração
Contras
  • Não é digital

Contando com uma variedade maior de recursos, além dos ótimos materiais, a mesa de som da Behringer X2442USB é indicada para profissionais que buscam variedade para o seu trabalho. Só para ilustrar, são mais de 24 canais para conectar microfones, caixas de som e outros dispositivos, sempre com uma alta fidelidade e pouca interferência. 

E falando em alta fidelidade, aliás, o modelo é do tipo analógico, o que quer dizer que você tem controle total sobre as suas criações com a mesa. isso combina com artistas mais experientes e estúdios maiores, além disso, as mesas analógicas oferecem uma fidelidade maior na captação de som em geral. 

Por fim, os recursos da mesa Behringer X2442USB não ficam para trás de seus outros componentes. Afinal, ela tem ótimas conexões, como o USB para conectá-la diretamente ao seu computador ou notebook. Além disso, com seus pré-amplificadores integrados você consegue um resultado ainda maior para música ao vivo ou em estúdio.

TipoAnalógico
EqualizadorNão
Entradas24
ConexõesUSB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasUSB/PC
Dimensões43,99 x 42,01 x 13,49 cm; 6,6 Kg

3

Mesa de Som Yamaha MG12XUK

Mesa completa para profissionais e estúdios
Prós
  • Até 12 canais com entradas balanceadas
  • Phantom Power e 24 efeitos sonoros
  • Bivolt automático
Contras
  • Sem equalizador integrado

Ideal para profissionais que desejam uma mesa de som completa, o modelo MG12XUK da Yamaha entrega bons recursos e os melhores componentes. Por ser analógica, por exemplo, o modelo oferece uma captação de altíssima fidelidade, além do controle bem mais preciso da saída de som, o que é uma vantagem em ambientes mais profissionais. 

E para complementar essa qualidade, a mesa conta com nada menos do que 12 canais balanceados para os seus acessórios. Com isso, além de um número maior de microfones, caixas e outros dispositivos, você tem um controle absurdo de interferência, o que melhora a qualidade dos seus shows ou gravações

Por fim, a Yamaha MG12XUK oferece um design inteligente e seguro para usar em qualquer ambiente. Afinal, suas dimensões e peso combinam com qualquer lugar, sem perder a portabilidade. Além disso, a mesa é bivolt automática, o que permite que seja usada em praticamente qualquer tomada. 

TipoAnalógica
EqualizadorNão
Entradas12
ConexõesUSB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasPhantom Power, efeitos sonhos, bivolt
Dimensões31,5 x 29,7 x 9,1 cm; 4,6 Kg

4

Mesa de Som MXT MX-4BT

Mesa de som com o melhor custo-benefício deste ano!
Prós
  • Conexões modernas
  • Entradas balanceadas
  • Phantom Power para microfones de condensação
  • Ótimo valor para o que entrega
Contras
  • Não tem Wi-Fi
  • Sem equalizador integrado

Se o que você deseja é uma mesa de som incrível por um valor mais do que justo, o modelo MX-4BT da MTX é a escolha certeira. Afinal, a mesa reúne ótimos componentes e recursos com um valor bem abaixo da média, o que é ideal para quem procura por um bom custo-benefício. 

Só para ilustrar, seus canais são variados e suas conexões são modernas. Afinal, com 4 entradas balanceadas é possível cancelar a interferência entre microfones, caixas e outros acessórios. Além disso, com o Bluetooth e USB é possível conectar acessórios sem fio à mesa, além de poder parear a mesa diretamente com seu computador ou notebook. 

Por fim, o modelo aposta no Phantom Power para tornar o seu trabalho ainda mais poderoso e versátil. isso porque, com o recurso, é possível usar microfones de condensação para gravar ou mixar ao vivo, o que é fundamental para profissionais que precisam da saída de som mais fiel possível. 

TipoDigital
EqualizadorNão
Entradas4
ConexõesBluetooth, USB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasPhantom Power
Dimensões‎24 x 22 x 7 cm; 612 g

5

Mesa de Som Behringer 502

Mesa compacta para ambientes menores
Prós
  • Muito fácil de usar
  • Bom desempenho para usuários comuns
  • Design leve e portátil
Contras
  • Não é digital

A mesa de som Behringer 502 é, acima de tudo, a mais recomendada para quem precisa de um acessório prático para ambientes menores. Afinal, com menos de 20 cm de comprimento e míseros 1,4 Kg de peso, o modelo é uma escolha incrível para quem está começando agora ou tem um estúdio menor para trabalhar suas músicas. 

Além disso, o modelo é bem fácil de usar, apesar de ser uma opção analógica. Isso se dá por conta de seus canais e recursos simples, que são fáceis de operar mesmo para quem não tem tanta experiência. Deste modo, o modelo é uma excelente aquisição para ambientes que não dependam de tantos efeitos como igrejas ou no uso amador. 

E ainda falando em seu desempenho e praticidade, aliás, o modelo conta com um bom número de canais e ótima compatibilidade. Isso porque suas 5 entradas são balanceadas, o que quer dizer que há um bloqueio de interferências entre os microfones, caixas e outros acessórios.

TipoAnalógica
EqualizadorNão
Entradas5 canais
ConexõesP10, XLR, auxiliar
ExtrasEntradas balanceadas
Dimensões17,7 x 13,41 x 4,7 cm; 1,47 Kg

6

Mesa de Som NAGA NAG-7DSP

Mesa profissional com diversos efeitos sonoros
Prós
  • Mais de 7 canais de áudio
  • Equalizador integrado de 3 bandas
  • 24 efeitos sonoros
Contras
  • Valor um pouco mais alto
  • Sem Wi-Fi

O modelo NAG-7DSP da NAGA é, sem dúvida, a proposta da marca para quem deseja uma mesa de som profissional para eventos ou gravações. Só para ilustrar, seu funcionamento digital torna o ajuste do som mais prático, com efeitos fáceis de controlar e uma rápida conexão com acessórios e outros dispositivos. 

E para complementar essa praticidade, o modelo conta com um bom número de canais de áudio e com ótimos recursos. De suas 7 entradas, por exemplo, 5 são balanceadas, o que quer dizer que é possível conectar microfones e caixas sem qualquer tipo de interferência, como ocorre nas entradas padrão. 

E se tratando de recursos, aliás, o modelo não deixa nada a desejar. Afinal, seu equalizador é poderoso e conta com nada menos do que 3 bandas para ajustar suas faixas da maneira que você quiser. Além disso, a mesa possui um gravador integrado, que é uma ótima escolha para estúdios, além de diversos efeitos sonoros. 

TipoDigital
Equalizador3 bandas
Entradas7, 5 balanceadas
Conexõesbluetooth, USB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasGravador efeitos sonoros
Dimensões‎30,5 x 45 x 12 cm; 3,37 Kg

7

Mesa de Som Soundcraft SX602FX

Ótimos materiais para um som estável
Prós
  • 2 entradas para microfone balanceadas
  • Design leve e de fácil transporte
  • Bons materiais e garantia de 12 meses
Contras
  • Não é digital

Contando com ótimos materiais e um design desafiador, a mesa de som SX602FX da Soundcraft é indicada para profissionais da área de música, ou para os entusiastas mais exigentes. Afinal, por ser uma mesa analógica, ela oferece tanto uma captação de som mais fiel quanto um controle bem mais completo sobre os seus ajustes. 

E para complementar essa qualidade incrível, a marca aposta nas melhores conexões e recursos. Suas entradas, por exemplo, são mais do que o suficiente para músicos, igrejas e estúdios menores, enquanto as conexões novas em conjunto com as clássicas tornam o modelo versátil para qualquer situação. 

Além disso, seu design é robusto para assegurar o desempenho mesmo durante o uso intenso, e por isso a fabricante oferece nada menos do que 12 meses de garantia sobre qualquer defeito. Outra vantagem de seu design, aliás, é a excelente portabilidade, que é devida às dimensões modestas e baixíssimo peso da mesa de som. 

TipoAnalógica
EqualizadorNão
Entradas6
ConexõesUSB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasGarantia de 12 meses
Dimensões27 x 33 x 11, 2,4 Kg

8

Mesa de Som Lexsen M6 USB

Mesa versátil e fácil de usar
Prós
  • Design leve para caber em qualquer ambiente
  • Fácil de usar para iniciantes
  • Boas conexões e recursos
Contras
  • Sem equalizador
  • Sem barramentos

Ideal para quem deseja uma mesa versátil e, principalmente, fácil de usar, o modelo M6 USB da Lexsen investe nos melhores recursos e design. Seu funcionamento digital, por exemplo, elimina a dificuldade das mesas analógicas e é ideal para iniciantes, tudo isso sem perder a qualidade e a praticidade de uma boa mesa de som. 

Além disso, o modelo tem ótimas conexões para quem tem uma rotina corrida e precisa de agilidade para trabalhar. Só para ilustrar, com o acesso ao Bluetooth é possível conectar microfones, caixas e outros acessórios sem fio à mesa, o que é perfeito para equipes e estúdios com menos espaço para acumular fios. 

E para complementar ainda mais essa praticidade, a mesa da Lexsen é uma escolha e tanto para quem está procurando a sua primeira mesa de som, ou mesmo para estúdios profissionais que tenham menos espaço. Afinal, seu peso e tamanho são mínimos, o que é uma vantagem e tanto para quem quer ter o máximo de produtividade com o mínimo de problemas. 

TipoDigital
EqualizadorNão informado
Entradas6
Conexõesbluetooth, USB, P10, XLR, auxiliar
ExtrasGravador
Dimensões25 x 20 x 10 cm; 800 g

9

Mesa de Som Lelong LE-709

Mesa completa e com ótimo valor
Prós
  • Bom custo-benefício
  • Boas conexões e entradas
  • Compatível com entradas balanceadas
  • Design leve e portátil
Contras
  • Sem muitos extras
  • Não tem Wi-Fi
  • Sem barramento

Se o que você deseja é uma mesa de som completa e com um valor mais do que razoável, o modelo LE-709 da Lelong é a escolha certeira. Em primeiro lugar, a mesa é do tipo digital, o que já garante algumas vantagens em praticidade, como a maior facilidade de uso e compatibilidade com outros dispositivos. 

E falando em facilidade e compatibilidade, aliás, a Lelong LE-709 conta com as melhores conexões e recursos para entusiastas ou equipes profissionais. Com o USB e Bluetooth, por exemplo, é possível conectar microfones e outros acessórios sem fio, além de poder conectar a mesa direto ao computador ou notebook. 

Por fim, o modelo oferece um número razoável de entradas e recursos. Com nada menos do que 6 canais, por exemplo, as equipes menores e usuários individuais já têm tudo o que precisam para trabalhar com eficiência. Além disso, os recursos como o equalizador integrado são uma vantagem e tanto para quem deseja modificar um som para se adequar a ambientes diversos. 

TipoDigital
Equalizador2 Bandas
Entradas6
ConexõesBluetooth, USB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasDesign leve
Dimensões36,8 x 31 x 8,2 cm; 2,28 Kg

10

Mesa de Som Behringer XR16

Mesa de som prática para o uso geral
Prós
  • Boas entradas e conexões
  • Wi-Fi integrado
  • Leve e compacto para o transporte
Contras
  • Pouco robusto para estúdios
  • Sem barramento

A mesa de som XR16 da Behringer é, antes de mais nada, a escolha ideal para quem deseja uma mesa prática para o dia a dia. Afinal, o modelo conta com bom número de entradas, de até 16, o que facilita o trabalho de equipes médias e maiores, já que permite a conexão de diversas caixas, microfones e instrumentos. 

E para complementar ainda mais essa versatilidade, o XR16 aposta nas melhores conexões e compatibilidade. Seu acesso ao Wi-Fi e USB é uma vantagem e tanto para quem deseja acessar conteúdos online ou até mesmo parear a mesa com o computador, ou outros dispositivos. 

Por fim, o Behringer XR16 tem ótimas dimensões para quem deseja facilidade e portabilidade. Isso ocorre pois o modelo é compacto, com menos de 40 cm de comprimento e pouco mais de 4 kg de peso. Isso combina com quem deseja um acessório que caiba em qualquer lugar e não cause transtorno na hora de transportar. 

TipoDigital
Equalizador8 Bandas
Entradas16
ConexõesWi-Fi, USB, auxiliar, P10, XLR
ExtrasPré-amplificadores, entradas de linha, gravador estéreo
Dimensões33,3 x 14,91 x 14 cm; 4,09 Kg

Como escolher a melhor mesa de som?

Para escolher a melhor mesa de som deste ano, fique atento aos materiais mais adequados e recursos que atendam às suas necessidades, assim sendo, confira a seguir uma explicação sobre os recursos e componentes mais usados e descubra quais combinam com o seu estúdio.

Confira o tipo da mesa de som

Mesa de som analógica

Em primeiro lugar, considere que existem dois tipos de mesas de som distintas: as analógicas e as digitais. Os modelos analógicos, em primeiro lugar, são indicados para quem deseja um som mais natural e encorpado, já que ela não transforma o som captado em informação digital, oferecendo um resultado mais fiel. 

As mesas de som digitais, por outro lado, captam o som analógico e o transformam em dados digitais antes de mixá-lo. Por isso, elas oferecem diversos recursos que não estão presentes em outros modelos, como equalizadores integrados, conexões variadas e outros benefícios. Por isso, são indicadas para profissionais que valorizam a variedade. 

Dê preferência por mesas de som com entradas balanceadas

Mesa proficional com entradas balanceadas

Falando em qualidade e possibilidades de som, aliás, optar por mesas de som com entradas balanceadas é sempre uma ótima escolha. As entradas e cabos balanceados são aquelas que contam com 3 fios condutores, sendo 2 para o sinal e um de aterramento. Os modelos comuns usam apenas um fio para sinal e um para o terra. 

Deste modo, as entradas balanceadas são mais estáveis do que as opções comuns. Uma de suas vantagens mais destacadas é a redução absurda de ruído, que vem do cancelamento de interferências exteriores. Outra vantagem é a excelente compatibilidade, já que ela pode converter para balanceada as conexões comuns, como as de guitarras e outros instrumentos que usam cabos de 2 fios. 

Enfim, em se tratando de números, ter ao menos duas entradas balanceadas é uma vantagem e tanto para músicos e estúdios profissionais. Caso você tenha um valor um pouco mais alto para investir, recomenda-se optar por várias entradas do tipo, como 6 ou 8, no mínimo. 

Se atente com a saída principal e auxiliar da mesa de som

Botões em mesa de som

As saídas principais e auxiliares da melhor mesa de som para 2024 são aquelas onde estarão conectados os instrumentos e acessórios do seu estúdio de gravação, por isso, deve-se estar atento à sua quantidade e qualidade. Para estúdios menores, algumas entradas XLR ou P10 já são mais do que o suficiente para conectar alto-falantes, microfones e instrumentos. 

Contudo, para estúdios maiores ou grupos musicais que precisam de potência e qualidade, recomenda-se uma ou mais dezenas de entradas para atender às suas demandas. Além disso, as entradas XLR são mais recomendadas para evitar interferência entre microfones e caixas de som, enquanto as P10 são perfeitas para quem procura o melhor custo-benefício.

Veja o tipo de equalização da mesa de som

equalização de 4 bandas em emsa de som

As bandas do equalizador são as faixas de frequência em que a mesa de som pode trabalhar. Deste modo, quanto maior o número de bandas, mais variado e específico será o ajuste de frequências. 

Essas faixas de frequência, aliás, são os sons mais graves ou agudos de uma música, que serão melhoradas e ajustadas pelo equalizador. Em outras palavras, com um equalizador com mais bandas é possível obter graves ainda mais densos e agudos límpidos em qualquer estilo de música. 

Por isso, para estúdios mais simples, opte por um equalizador com ao menos duas bandas, já que eles já conseguem melhorar o som de modo geral. Contudo, para um resultado ainda mais profissional, opte por mesas com ao menos 4 bandas de equalização. 

Escolha uma mesa de som com opção de barramento

Mesa de som com diversos barramentos

Os barramentos, ou barramentos de grupo, são conjuntos de conectores com uma função específica, como só para microfones, ou para caixas de som, ou só para instrumentos, cuja função é evitar interferências e confusões com essa separação por função. 

Por isso, de modo geral, recomendam-se mesas de som com ao menos 2 barramentos, que já são o suficiente para o público em geral. Para gravadoras, grupos musicais e igrejas de porte maior, contudo, os modelos com 4 barramentos ou mais são simplesmente os mais adequados. 

Se atente o tamanho da mesa de som

Botões coloridos em mesa de som

De nada adianta ter uma mesa de som incrível se ela não for adequada ao seu ambiente, não é mesmo? Por isso, deve-se dar atenção redobrada às dimensões e peso do seu novo acessório. 

As mesas compactas têm em torno de 50 cm, e são indicadas para iniciantes em mesas de som, ou até mesmo para os profissionais que têm menos espaço. Por outro lado, também existem mesas com mais de 1,50 m, que são as mais indicadas para quem procura um acessório completo para grandes estúdios. 

Confira se a mesa de som conta com conexões modernas

homem usando mesa de som

Além das dimensões, as conexões da melhor mesa de som tem tudo a ver com a sua praticidade e compatibilidade. Afinal, elas podem facilitar o uso de acessórios ou dos recursos da mesa, como acontece com o bluetooth, que permite o uso de microfones e fones sem fio direto na mesa. 

Além disso, mesas com Wi-Fi ou Ethernet podem se conectar direto a internet ou serem pareadas com outros dispositivos. Isso é uma vantagem para quem usa caixas de som ou telões sem fio, além de ser uma escolha incrível para quem usa a mesa conectada a computadores e softwares externos. 

Busque por mesas de som com Phantom Power e efeitos sonoros

Mesa profissional com phantom power

Por fim, não há nada melhor do que poder contar com alguns extras para melhorar ainda mais a qualidade das suas gravações, não é mesmo? Por isso, se você usa microfones condensadores, por exemplo, recomenda-se optar por mesas de som com o Phantom Power, que é um tipo de alimentação que oferece uma corrente contínua para esses acessórios. 

Isso acontece pois os microfones condensadores usam um tipo de armazenamento de energia que permite o sucesso de seu efeito. Além disso, a corrente elétrica que vem da tomada é uma corrente alternada, o que não é tão bom para o microfone quanto a corrente contínua do Phantom Power. 

E se você deseja um som com ainda mais personalidade para a sua banda, igreja ou estúdio, alguns efeitos extras são uma ótima escolha. Afinal, com os efeitos sonoros, você pode tanto modificar o som que sai dos instrumentos quanto gravar e soltar vinhetas e outros efeitos divertidos direto da mesa.

Outras informações sobre mesas de som

Agora que você já sabe tudo sobre como escolher uma mesa de som incrível, considere algumas informações extras. Com elas, você descobre outras diferenças entre as mesas e outros dispositivos, além de dicas de como usar a sua mesa ainda melhor. Confira!

Qual a diferença entre uma mesa de um e um mixer?

Homem usando mixer em estúdio

Tanto a mesa de som quanto o mixer são acessórios incríveis para trabalhar o som ao vivo ou dentro de estúdios, mas cada um serve para tarefas diferentes. O mixer, por exemplo, é mais simples, e serve sobretudo para tocar diferentes faixas em simultâneo, e juntar diferentes sons e efeitos na hora de gravar. Por isso, ele é indicado para bandas e estúdios menores, que vão precisar de um dispositivo mais simples e fácil de usar. 

A mesa de som, por outro lado, é o acessório indicado para estúdios profissionais e até mesmo para os amadores mais exigentes. isso acontece pois a mesa é um dispositivo completo, com diversas entradas e conexões, além de recursos que oferecem o controle total das suas músicas, desde o volume até a equalização. 

Veja mais artigos sobre áudio

Se você gostou das nossas indicações de melhores mesas de som, que tal conferir também alguns rankings com outros produtos? Veja abaixo!



Tenha os recursos profissionais com a melhor mesa de som!

Mesa de som preta em destaque

Nada melhor do que ter o controle total das suas músicas dentro e fora do estúdio, não é mesmo? Por isso, você foi apresentado às principais características e recursos de uma boa mesa de som, desde seus componentes, entradas e extras para adequar o seu som a qualquer situação e ambiente. 

Além disso, você foi apresentado a uma lista completa com as melhores opções para levar ainda hoje. Por isso, não perca tempo, confira as nossas dicas e o ranking o quanto precisar, então escolha a sua favorita e compre ainda hoje a melhor mesa de som de 2024!

Weslley Andrade
Mostrar o perfil completo

Weslley Andrade

Sou um redator fascinado por eletrônicos e tecnologia, e por isso dou o meu melhor para passar informações completas e acessíveis sobre o tema. O conhecimento técnico na área de elétrica e reparo de equipamentos me deu uma boa base para entender como diferentes produtos funcionam, e aqui, eu vou te ajudar a escolher os melhores eletrônicos para sua casa ou trabalho, mesmo que você não tenha familiaridade com o assunto.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Tech Daora
Logo